segunda-feira, 4 de julho de 2011

TRISTE REALIDADE

RELATO DE UM MISSIONARIO INDIANO CHAMADO BAKHT SINGH

“As igrejas indianas têm um grande peso de intercessão pela America e estão orando para que Deus visite este país com o reavivamento...

Vocês lamentam tanto a nossa pobreza material na índia, enquanto nos indianos, que conhecemos ao Senhor, lamentamos a pobreza espiritual da America. Oramos para que Deus lhes de o ouro refinado pelo fogo, o qual Ele prometeu a todos quantos conhecem o poder da sua ressurreição.

Em nossos cultos, gastamos de quatro a seis horas em oração e adoração, enquanto nosso povo passa toda a noite esperando no Senhor em oração. Mas na America, após uma hora de culto, vocês começam a olhar para o relógio. Oramos para que Deus possa abrir-lhes os olhos para compreenderem o verdadeiro significado da adoração.

Para atrair pessoas aos cultos vocês dependem de grandes divulgações, cartazes, anúncios e de pregadores reconhecidamente ungidos e talentosos. Na índia tudo o que nos possuímos é o Senhor Jesus, e ele nos basta. Antes de uma reunião evangélica na índia, jamais anunciamos quem será o pregador. Quando as pessoas vêm, elas querem buscar ao senhor e não, um ser humano ou um palestrante famoso e especial. Em nossas reuniões, temos aproximadamente 12 mil pessoas unidas para adorarem ao senhor Jesus cristo e terem comunhão umas com as outras. Estamos orando para que as pessoas na America possam também vir às igrejas famintas pela presença de Deus e não, meramente desejosas de algum tipo diferente de entretenimento, ouvindo belos corais ou talentosos cantores.”

“SRA QUE TEMOS NOS EXTRAVIADO A PONTO DE VISTA SER IMPOSSIVEL VOLTAR AOS PROCERDIMENTOS DA IGREJA PRIMITIVA? ESTE É UMA QUESTAO DELICADA.”

EXTRAIDO DO LIVRO: ORAÇÃO DE AVIVEMETNO DE LEONARD RAVENHILL.

domingo, 3 de julho de 2011